Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Reforma da Previdência e a oferta de bolsas de estudo

A Reforma da Previdência, que deve entrar em discussão no Congresso nas próximas semanas, se aprovada, pode ameaçar a oferta de 100 mil bolsas de estudo no Rio Grande do Sul oferecida em escolas particulares. Isso porque o relator da proposta, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), incluirá em seu parecer o fim das desonerações dessas instituições, atingindo também as entidades de saúde e assistência social.

Hoje, essas entidades trocam a isenção da cota patronal do INSS por bolsas de estudo e serviços à população. O Rio Grande do Sul é o estado que concentra o maior número de instituições de ensino filantrópicas, comparado ao número total de estabelecimentos de ensino gaúchos. Ao todo, são 220 escolas filantrópicas e cerca de 50 mil alunos atendidos – quase metade das escolas privadas gaúchas – 44,7% – são filantrópicas. A segunda maior proporção é do Maranhão, 27,0%, e a terceira é de Santa Catarina, 17,0%. Já, na Educação Superior, são 35 filantrópicas no Rio Grande do Sul, as quais atendem cerca de 50 mil alunos com bolsas de estudos.


Abaixo-assinado:
Assine o abaixo-assinado lançado pelo Sinepe/RS contra o fim da filantropia. As assinaturas recolhidas serão entregues em Brasília ainda neste mês.

Abaixo-assinado

E-mail aos deputados federais e senadores:
Acesse matéria veiculada pela Sinepe/RS. Nela constam os e-mails dos representantes da sociedade. O pedido do Sindicado é que, individualmente, nos mobilizemos e reforcemos junto a eles os impactos que uma medida como essa causaria.

http://www.sinepe-rs.org.br/site/informacao/noticias_10052

 

 

 

Domingo de Missão Evangelizadora

No dia 11 de setembro de 2016 a equipe do Serviço de Animação Vocacional (SAV): Agentes Vocacionais (casais), Religiosos, Religiosas, seminaristas, da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré de Marituba/PA, colocamo-nos a caminho para Arioré (município de Orém/PA) local da missão e fomos bem recebidos. Após o café, as sete equipes de missionários/as, com um guia do local nos dirigimos às famílias indicadas para cada grupo.
O texto iluminativo foi 1Cor 13,1-13. À luz desta Carta de S. Paulo, uma breve reflexão na dimensão do Amor Verdadeiro que é o próprio Deus.  Com a participação da família, também o casal missionário dava o testemunho da vida de fé e amor em família... Após, um dos missionários fazia a oração pedindo a benção dessa família. Enquanto aspergia-se as pessoas e a casa, rezava-se o Pai Nosso, Ave Maria, Glória e o Santo Anjo. Em algumas casas o canto Abençoa Senhor as famílias, ou a Invocação: Sagrada Família, rogai por nós e o Sinal da Cruz.
No final a família recebia um Kit Católico com material como: livros com o resumo do Catecismo da Igreja Católica; - Um terço com o livro: Orientações do Santo Terço em Família;   - Orações Vocacionais e de Santos.
Encerrando a visita, com o convite a participar da Santa Missa na comunidade às 15h. Durante toda a manhã foram visitadas 120 famílias.
Todos os missionários voltaram alegres, contentes, partilhando as maravilhas que Deus fez e faz acontecer nas famílias e pela oportunidade de poder receber e levar o Amor de Deus às pessoas sedentas desse Deus que é Amor.
Após o almoço as famílias visitadas foram chegando para a Celebração Eucarística.  Nesta tarde a Igreja ficou pequena, pela grande participação das famílias visitadas. Deus seja Louvado!
Na homília o Padre tocou nos valores e importância da família, sobretudo do Amor, da participação na comunidade, na vivência da Fé, rezando pelas vocações, amando e participando da própria comunidade, sentindo-se parte desta família chamada Igreja. Todos somos filhos amados de Deus, chamados, consagrados e enviados a evangelizar com alegria, testemunho e amor.
De minha parte, senti que foi um domingo gratificante, um domingo cheio de graças, alegrias e partilha, junto a essas pessoas simples, humildes e sedentas do amor de Deus, de uma Palavra e presença amiga, dentro da realidade de cada um.  Aprendi muito com eles, posso dizer: que saí mais enriquecida, mais fortalecida, mais evangelizada, mais confirmada como consagrada Palotina, com mais amor às pessoas, à missão, a nossa Igreja e acima de tudo a Deus, por que ELE é presença constante, é Amor Infinito e sentido de toda a Missão.
Deus continua agindo nas pessoas, que abrem as portas do seu coração, para que ELE entre e realize as maravilhas, com o ser humano; “Sua Imagem e Semelhança”. Deus seja louvado, hoje e sempre!
Ir. Carmelina Vitória Chiapinotto CSAC

 

 

 

Animação Vocacional em preparação à ordenação Presbiteral do diácono Márcio Sistherenn

De 1º a 05 de Dezembro de 2015, as Irmãs Palotinas: Helena M. Pimenta, Claudinéia F. Moreira e Salete M. Cargnin, participaram da Animação Vocacional em preparação à ordenação Presbiteral do diácono Márcio Sistherenn, SAC, na Paróquia “São Jerônimo” - Caxambu do Sul/SC – Brasil.

A missão consistiu em atividades com alunos das Escolas, e celebrações nas  Comunidades da referida Paróquia. No Domingo, dia 06 de Dezembro de 2015, participaram da primeira missa do Pe. Márcio, na comunidade de Volta Grande.  A equipe formada de Irmãs, Irmãos, Presbíteros, Leigos e seminaristas da Família Palotina convida você a integrar a Obra Palotina para "ser e formar apóstolos" na Igreja, anunciando com alegria o Evangelho de Jesus.

 

 

 

XI Congresso Latino-Americano de Educação Palotina

O XI Congresso Palotino encerrou neste domingo, 17 de Julho, com um sentimento de missão cumprida. Todas as instituições participantes deram o melhor de si e levam consigo o que há de mais grandioso em reflexão e estudos para sua prática educativa.
A manhã de domingo iniciou com a espiritualidade e logo após, Pe.Ângelo Lôndero realizou a palestra: Espiritualidade na Educação Palotina. A partir da definição da palavra Espiritualidade, Pe. Ângelo destacou a importância da busca da espiritualidade no encontro com Deus, a necessidade da espiritualidade e o papel da espiritualidade na ação pedagógica.
Após, foi o momento da celebração de encerramento, conduzida pelos Pe. Ronaldo Kuhnen e Pe. Jadir Zaro. Foi certamente um momento abençoado de reflexão, renovação e esperança a todos os presentes. Agradecemos a todos pela participação e colaboração no Congresso.

Confira as fotos do evento aqui.

Escola da Cidadania diocesana conclui grupo em Chapecó

Nos dias 28 e 29 de novembro, a Pastoral do Menor da diocese de Chapecó concluiu a primeira edição da Escola da Cidadania diocesana. A formação teve duração de dois anos, com oito etapas, e a participação de 20 adolescentes das cidades Campo Erê, Chapecó, Xanxerê e São José do Cedro.

Segundo a coordenação, com as diferentes temáticas trabalhadas, percebe-se o crescimento da consciência crítica, responsabilidade e valores nos adolescentes que participaram deste processo. As avaliações foram positivas, destacando a diversidade dos temas discutidos, a convivência em grupo, a amizade e o crescimento pessoal.

Com esta formação, a Pastoral do Menor, visou capacitar os participantes para serem multiplicadores nas comunidades onde estão inseridos. Para João Arthur Guarda, de 15 anos, da cidade de Campo Erê, a Escola da cidadania é um espaço de assumir responsabilidades. “Desejo ser uma pessoa mais comprometida com a fé em Jesus Cristo, respeitando sempre os outros em seu caráter e tipos de ser. Aprendendo sempre a ser uma pessoa melhor com os outros e comigo mesmo”, destaca.

Ir. Neiva Basso, SCAC
Coordenadora diocesana da Pastoral do Menor



 

 

 

Download Template Joomla 3.0 free theme.