Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

História

Realidade social e religiosa no tempo de Vicente Pallotti em Roma

A realidade em Roma e em quase toda a Europa no tempo de Vicente Pallotti era um tanto caótica sob  diversos pontos de vista. Na sociedade havia desemprego, crescente pobreza, crianças, idosos, trabalhadores do campo e doentes abandonados. O analfabetismo era acentuado e no campo político, o iluminismo liberal queria se impor  lutando  por uma sociedade sem Deus e sem religião. É neste contexto que Vicente Luis Francisco Pallotti  (1795 – 1850) vive e se empenha com um intenso apostolado para dar uma resposta à sociedade e à Igreja segundo entende ser a vontade de  Deus.

Origens de sua Fundação -  “União do Apostolado Católico” – UAC

O jovem sacerdote Vicente Pallotti cheio de grande zelo do amor a Deus e desejo de dedicar-se ao próximo e ajudá-lo mais, na sua condição humana, cristã e espiritual, entendeu que isso seria possível se fossem unidas as forças na Igreja e na sociedade com este objetivo. Alimentava essa idéia e buscava ajuda entre amigos e colaboradores para poder realizar seu sonho. No dia 09 de janeiro de 1835, no momento de Ação de graças, após a Santa  comunhão,  recebe a inspiração de fundar uma Obra  para tal finalidade. Vicente Pallotti alimentava a convicção de que todas as pessoas de qualquer condição, sexo e idade, são chamadas a se empenharem na salvação do próximo como da própria em resposta ao plano divino da salvação. Carregava também a convicção de que as iniciativas apostólicas de cada um, seriam mais eficazes quando realizadas de forma conjunta e dirigidas à missão comum de viver e propagar juntos o Evangelho de Jesus mediante o empenho de Reavivar a Fé e Reacender a Caridade entre os cristãos  e propagá-las em todo o mundo. Dá-se assim, o início da União do Apostolado Católico (UAC), formada por Fiéis Leigos, Clerigos e Religiosos, origem da Congregação das Irmãs do Apostolado Católico Palotinas, CSAC e da Sociedade dos Padres e Irmãos  Palotinos, SAC.

O sonho de uma Igreja viva e atuante

Ele tinha a certeza de que, com a união de pessoas impregnadas de um mesmo espírito seria possível levar ao mundo a esperança de que existe sempre algo maior na vida e, a certeza de que esse "Algo Maior" já existe no coração de cada pessoa criada “à imagem e à semelhança de Deus”,  amada por Deus, e chamada pelo nome para realizar uma missão específica. Esse algo maior é o amor infinito de Deus que o próprio Jesus, o Apóstolo do Pai, veio a terra nos revelar e nos deixou como legado.


Em síntese, nosso Carisma é seguir Cristo, o Apóstolo do Eterno Pai, sendo  nós mesmos apóstolos e formando apóstolos para o trabalho do crescimento do Reino de Deus.

Congregação das Irmãs do Apostolado Católico – Palotinas

O grupo da “União do Apostolado Católico” (UAC) que atuava com o Pe. Vicente Pallotti, consciente das grandes dificuldades pelas quais passava a sociedade, percebeu a importância de ter como própria uma casa e uma comunidade de mulheres consagradas para acolher e educar civil e cristãmente as meninas pobres e abandonadas pelas Ruas de Roma. E  o sonho de uma Fundação feminina teve seu concreto início com a aquisição de uma casa  “Pia Casa de Caridade” aberta em Roma na festa de Pentecostes do ano 1838. As meninas pobres foram ali acolhidas, recebendo instrução civil e cristã e protegidas. Foi neste trabalho das Mestras, como as chamava o P. Vicente que teve iníco a Congregação das Irmãs  do Apostolado Católico, hoje conhecidas também como Irmãs Palotinas – parte integrante da UAC.

Carisma e Espiritualidade da UAC    

Carisma - Reavivar a Fé e Reacender a Caridade e propagá-las em todo o mundo, ou seja, despertar a consciência apostólica em todos.

Espiritualidade – Nossa espiritualidade se centraliza  em  Jesus Cristo, o Apóstolo do Eterno Pai e Maria Santíssima no Cenáculo sob o título de Rainha dos Apóstolos.

Download Template Joomla 3.0 free theme.